terça-feira, 10 de julho de 2012

QUAL MÚSICA EXPRESSA O AMOR DE FORMA PERFEITA?

Qual a melhor música que fala de amor? Qual a melhor música romântica? Qual música retrata o amor de forma perfeita?
Diria um grande amigo: são perguntas cabulosas! Realmente, não é fácil determinar ou escolher a música perfeita, o que é perfeito para um pode não ser perfeito para o outro. A pergunta na realidade não tem a função de determinar, mas de apresentar questionamentos e, são eles que instigam à busca por respostas. Aqui vamos listar algumas músicas que falam de amor, não o amor perdido, amor platônico, amor abandonado, nem o amor pela metade (dor de cotovelo), mas o amor pleno, sentido em toda sua essencial e, principalmente o amor declarado, correspondido. Há músicas de amor belíssimas, como Carinhoso de Pixinguinha ou As Rosas não falam de Cartola, mas falam de um amor não correspondido, e a proposta aqui é amor pleno, correspondido, vivido, derramado.
1 – Como é grande o meu amor por você – Roberto Carlos
2 – Soneto de fidelidade - Vinícius de Moraes
3 – Se eu não te amasse tanto assim – Hebert Viana
4 - Por você - Barão Vermelho.
5 - Você - Tim Maia
6 - É o amor - Zezé di Camargo
7 - Eu quero ser pra você - Paula Feranandes
8 - Todo azul do mar - Guilherme Arantes
9 - Amor sem limite - Roberto Carlos
10 - O tempo me guardou você - Ivan Lins

Elas cantam Roberto Carlos

quinta-feira, 28 de junho de 2012

COMO MELHORAR OS RELACIONAMENTOS

Relacionamentos Pessoais e Interpessoais

Não existe um manual ou uma fórmula mágica para que possamos melhorar nossos relacionamentos, o que existe são dicas, observações e práticas. Pessoas casam apaixonadas, dizem palavras bonitas umas as outras, querem ficar juntas a todo instante, ligações telefônicas de horas: - Desliga você! – Não, desliga você! Casam e logo já estão brigando, faltando com respeito, os longos beijos agora são apenas míseros selinhos, os diálogos agora são monossilábicos.
Relacionamentos complicados com o chefe, com a família, com os colegas de trabalho, com colegas de escola e até consigo mesmo. Relacionar é ter sabedoria e paciência, é saber que o outro não é você e que tem vontade, gosto e opinião diferente da sua e, quanto mais tempo passam juntos, mais possibilidade de acontecerem os conflitos.  
Uma senhora chega ao pastor de sua igreja e diz:
_ Pastor, eu não agüento mais discutir com meu marido, cada dia está piorando! Ele é resmungão, reclama de tudo!
- E a senhora, ouve calada? - Quis saber o pastor.
- Não, né pastor, claro que não vou deixar barato. – Aquela senhora da uma pausa e indaga. – O que eu devo fazer? Nossa vida conjugal já foi diferente, nós tínhamos mais paciência, hoje está um verdadeiro inferno!
O pastor pensou por um instante e respondeu:
- Eu sei o que vai ser bom para a senhora! Recentemente estive em Israel, lembra-se?
- Sim pastor, eu me lembro.
- Então, eu trouxe um pouco de água do rio Jordão, onde Jesus foi batizado, e essa água é milagrosa. - o pastor se retirou por um instante e voltou com uma garrafa de água -  A senhora vai levar essa garrafa de água e, todas as vezes que o seu marido começaram qualquer discussão, a senhora deve pedir licença, coloca um bom tanto de água na boca e segura por até cinco minutos, depois disso joga fora a água, não engole. Certo?
- Mas será que vai dar certo mesmo, pastor?
- Pode acreditar! Outras já usaram dessa água e deu certo.
A mulher levou a garrafa de água para casa, passado dois meses ela voltou feliz e encantada.
- Pastor, aquela água é milagrosa mesmo! O senhor acredita que eu e meu marido paramos de discutir! No começo ele ficava bravo eu colocava a água na boca, esperava o tempo, ele ficava mais irritado, mas, milagrosamente, logo ele vinha pedindo desculpas.
- Que bom, viu como deu certo!
- Infelizmente, pastor, minha água acabou, eu precisava de mais!
O pastor pacientemente falou:
- Minha senhora, a água que eu lhe dei não foi trazida do rio Jordão, na realidade é água da torneira aqui da igreja.
- Como? Então a água da torneira da igreja também é milagrosa?
O que o pastor respondeu:
- A água foi só um instrumento, não há milagre nenhum, o que aconteceu é que cada vez que o seu marido ficava bravo, a senhora enchia a boca de água e não podia retrucar, assim, ele se acalmava, percebia que havia exagerado e voltava para pedir desculpas!
Numa discussão ninguém quer perder, no final acabam falando até o que não queriam dizer. E quem sai perdendo é a razão.

Dicas:
*Não vicie em queixas e em reclamações. Você acabará não enxergando as boas coisas da vida.
*Evite olhar para suas pequenas imperfeições com lentes de aumento.
*Procure transmitir coerência e consistência entre palavras, gestos e ações: suas mensagens terão mais força.
* Fale claro o que quer. As pessoas não conseguem ler seus pensamentos.
* Você não tem que ter sempre razão.
*Muitas vezes as pessoas não querem ouvir sua opinião ou suas críticas onde ela errou. Quer apenas ser ouvida. Aprenda ouvir!
*Aprenda agir com diplomacia é sempre melhor do que bater de frente.
*Bom humor é um santo remédio
*As pessoas felizes reconhecem e apreciam aquilo que tem; as infelizes estão sempre se lamentando daquilo que lhes falta.
*Ser sincera não é sinônimo de grosseria: há maneiras gentis de dizer as coisas duras.
*Tome decisões somente depois de avaliar cuidadosamente os prós e contras da situação.
*Em momentos de ansiedade, medo ou revolta, procure em seu interior a fé, a coragem, a serenidade e a confiança.

terça-feira, 26 de junho de 2012

OS MELHORES CANTORES BRASILEIROS DE TODOS OS TEMPOS

Relacionar os melhores cantores brasileiros de todos os tempos é muita ousadia, assim vou relacionar os cantores que fizeram mais sucesso, venderam mais discos, CDs, os mais tocados, aqueles que em algum momento da carreira ajudaram a mudar a história da música brasileira, cantores que com certeza estão no imaginário de 8 entre 10 pessoas, cantores que você citaria sem pensar muito.
1 - Roberto Carlos – Conhecido com “Rei”, desde 1962 está sempre entre os primeiros em vendagem de discos (mais de 140 milhões de discos vendidos), ainda hoje, passado 50 anos, vende muito, faz muitos shows por ano e, o que é melhor seus shows estão sempre lotados. Roberto ainda é um dos compositores mais regravados do país. De 1965 a 1968 liderou a Jovem Guarda que virou movimento musical. Tudo o que faz vira sucesso, lançou no Brasil shows em transatlântico, e hoje, sertanejos e até evangélicos pegam carona na idéia. De quebra é o cantor brasileiro com maior vendagem de discos no exterior.
2 – Caetano Veloso – foi muito importante na luta por uma música popular verdadeiramente brasileira, ajudou a criar o movimento Tropicália juntamente com Gilberto Gil, Chico Buarque, Gal Costa, Tom Zé e outros, foi exilado por sua música de protesto e sua posição contra a ditadura militar. Até hoje é referência na música brasileira
3 – Tom JobimJuntamente com Vinícius de Moraes, João Gilberto e outros ajudou a criar o movimento musical Bossa Nova, foi um compositor extraordinário, um músico extremamente versátil. No exterior, musica brasileira e Tom Jobim se confundem, inclusive tinha no seu enorme rol de fãs ninguém menos que Frank Sinatra que convidou-o para gravarem um disco juntos.
4 – Nelson GonçalvesSó perde para Roberto Carlos em vendagem de discos no Brasil (mais de 75 milhões). Fortaleceu um estilo de música romântica, que fala de boemia sem ser brega, e, mesmo anos após sua morte, ainda é lembrado e admirado.
5 – Tonico e Tinoco – A Dupla sertaneja que mais vendeu discos no Brasil (calcula-se de 50 a 130 milhões). Eles revolucionaram o estilo e não há como falar de música sertaneja sem citá-los.
6 – Maria Bethânia – Foi a primeira cantora brasileira a vender mais de um milhão de discos e repetiu essa façanha mais três vezes, inclusive em vendagem de discos Maria Bethânia, que vendeu 26 milhões, perde apenas para Rita Lee. Maria Bethânia tem uma das mais belas vozes do Brasil. Já recebeu vários prêmios importantes e é muito elogiada pelos críticos.
7 – Elis Regina – Não precisamos citar vendagem ela é fenomenal como interprete, não há como citar os grandes da MPB sem incluir Elis. Elis Regina é considerada por muitos críticos, comentadores e outros músicos a melhor cantora brasileira de todos os tempos.
8 – Rita LeeÉ uma cantora, compositora, atriz e instrumentista brasileira, vendeu mais de 55 milhões de cópias de discos, é a cantora brasileira que mais vendeu na história da música do país. Por vezes conhecida como "Rainha do Rock Brasileiro”, Rita Lee construiu uma carreira que começou com o rock mas que ao longo dos anos flertou com diversos gêneros, como o tropicalismo, o pop rock e a música latina, criando um hibridismo pioneiro entre gêneros internacionais e nacionais.
9 – Chitãozinho e Xororó – A partir da música Fio de Cabelo eles colocaram a música sertaneja, que até a chegada de Sergio Reis era marginalizada, para tocar em todas as rádios, atingiram os jovens, caíram no gosto popular, receberam muitas criticas por um estilo sertanejo-romântico-meloso, mas hoje aparece entre os maiores vendedores de discos (30 milhões) e propiciaram o aparecimento de outros que deram prosseguimento: Leandro e Leonardo/ Leonardo ( 21 milhões de discos vendidos), Zezé de Camargo e Luciano ( 20 milhões de discos vendidos) até chegar no Sertanejo Universitário que virou febre.
10 –Legião Urbana – Com mais de 20 milhões de discos vendidos a banda se tornou uma das mais importantes do país, suas músicas, além de muito inteligentes, caíram no gosto dos jovens, mas também agradou a todos, de todas as idade e ajudou a popularizar o pop rock dos anos 80 aos lado de bandas como Titã e Paralamas dos Sucessos.
*Menções honrosas: Luiz Gonzaga: O Rei do Baião, colocou a música nordestina no eixo Rio/São Paulo e depois para o Brasil inteiro e com isso abriu caminho para o surgimento de megassucessos como Morais Moreira, Ivete Sangalo, Zé Ramalho, Dominguinhos e tantos outros. Sérgio Reis: No auge do sucesso como cantor da Jovem Guarda, detinha o recorde da música há mais tempo no primeiro lugar nas paradas de sucesso: "Coração de Papel" (48 semanas), gravou a música Menino da Porteira, foi sucesso imediato, a partir daí colocou a música sertaneja para tocar em todas as rádios (AM e FM), antes apenas algumas rádios AM tocavam.
Selecionar os dez melhores num país que tem gente do quilate de Milton Nascimento, Djavam, Chico Buarque, Gilberto Gil, Raul Seixas, Agnaldo Rayol(a voz), Zezé di Camargo e Luciano, Titãs, Cazuza, Cássia Eller, Paula Fernandes, Tim Maia, Ney Matogrosso, João Gilberto e tantos outros, é uma tarefa árdua.

domingo, 27 de maio de 2012

OS MAIORES CRIADORES DE PERSONAGENS BRASILEIROS

Infelizmente, boa parte dos brasileiros tem o costume de só valorizar o que vem de fora, o que é nosso não tem valor, para piorar se algo de ruim acontece logo vem o famigerado: - Só podia ser no Brasil! – Como se no mundo inteiro não acontecesse coisas boas e coisas ruins, evidentemente que não podemos deixar de ser críticos e nos espelharmos em coisas boas para que, a cada dia, possamos ter um país melhor, mas em contrapartida devemos sempre valorizar e ressaltar o que temos de bom, e como temos. Felizmente temos percebido um avanço na valorização do que é nosso, mas ainda falta muito e, um dos setores que há muito tempo já deveria estar mais valorizando são os de criadores de personagens. Conhecemos muito personagens da Walt Disney que realmente são bons: Mickey, Pateta, Pato Donald e companhia, mas no Brasil temos criadores de personagens que não ficam nada a dever ao mestre Walt Disney ou a Hanna e Barbera. Ao pensarmos na nossa infância encontramos Maurício de Souza, o criador da Turma da Mônica: Cebolinha, Cascão, Magali, Bidú, Chico Bento, Franginha e tantos outros que encantaram nossa infância e até hoje é sucesso. Temos também o grande Ziraldo, criador do Menino Maluquinho, Turma do Pererê e de inúmeros outros personagens que agradam tanto crianças como adultos. Não podemos esquecer-nos do pai de todos, o grande Monteiro Lobato, criador do Jeca Tatu, do Sitio do Pica-pau Amarelo; quem não leu, viu ou ouviu falar da boneca Emília, do Visconde de Sabugosa, da Narizinho, das caçadas de Pedrinho, da avó contadora de história Dona Benta e da cozinheira de mão cheia Tia Anastácia? É personagem com maior identidade com os nossos costumes, com o nosso dia a dia. Não pode ficar de fora o multifacetado Chico Anísio, o mestre do humor e dos personagens, afinal de contas foram mais de 200 personagens, todos com personalidade própria e com muito sucesso, aparentemente eles foram criados para os adultos, mas as crianças os adoravam se listarmos todos encherá páginas e páginas, mas não podemos esquecer-nos do Professor Raimundo e sua escolinha, Bozó, Silva o bonitinho, Bento Carneiro o vampiro brasileiro, Pantaleão – o contador de histórias, Alberto Roberto – o locutor, Justo Veríssimo – o político que odeia pobre e mais uma centena de personagens. Diante dessa pequena apresentação podemos ter noção do que temos, sem contar os inúmeros criadores de personagens que estão no nosso dia a dia através das tirinhas de jornais, de revistas, internet é encantador e de tirar o fôlego. Das próximas vezes que for presentear filhos e amigos com livros, revistinhas ou filmes dê preferência aos nossos criadores, assim, não só estaremos valorizando nossos produtos e nossos artistas, mas também estaremos abrindo novas oportunidade de trabalho e possibilitando que haja mais investimento, com isso nosso país melhora e nossa auto-estima também melhora. Mas ainda assim haverá o velho preconceito: - Mas nossos produtos são de qualidade inferior! – Digo que inferior é o preconceito desse pseudos brasileiros, afinal de contas, qualquer lançamento de filmes americanos conta com milhões e milhões de dólares, enquanto no Brasil ainda é feito de forma caseira, muito boa vontade, com pequena verba e contando com a desconfiança e pouco incentivo aos nossos produtos. Mas os pessimistas de plantão dirão: - Nada ver! – Mas eu digo: tudo a ver. Tanto que um exemplo claro é a boa série A Era do Gelo que é dirigida pelo brasileiro Carlos Saldanha que dirigiu também o mega sucesso Rio que também contou com direção do brasileiro, prova que criatividade nós temos, só nos falta dinheiro. De hoje em diante não fique no “ver para crer”, mas “creia para ver”, a partir do seu crédito é que tudo irá melhorar. Então, de votos de confiança para o que é nosso.
Maurício de Souza
Monteiro Lobato
Ziraldo

Chico Anísio

sexta-feira, 11 de maio de 2012

A ETERNA MAGIA DO CIRCO

Chegou um circo na minha cidade, um circo conhecido nacionalmente, não vou dizer o nome porque não estou ganhando nada com isso, e também não vem ao caso, mas a minhas crianças, um garoto de dez e um garota de quinze, vinham pedindo que queriam ir ao circo, o difícil é tempo na vida corrida, mas um aperta aqui, agenda ali, fomos. Há pelo menos três anos não íamos a um circo, a gente até esquece como é bom. Uma vez lá dentro começou o espetáculo e eu pude ver nos rostos das crianças, não só dos meus filhos, mas das outras crianças que ali estavam, a alegria, a descontração e o quanto estavam gostando. Eu que já deixei de ser criança há bom tempo, também estava adorando.
É a magia do circo, é o encantamento do espetáculo ao vivo e a cores. O povo deveria ir mais ao circo, é claro, aos bons circos, pois se analisarmos o custo benefício, em tempo de meia entrada, não é tão caro, contando que ali no circo você tem humor, drama, suspense, música e muita fantasia que, para ter tudo isso ao vivo, você teria que ir a diversos espetáculos diferentes.
Na minha infância eu fui várias vezes ao circo e sempre fiquei impressionado com a beleza e com a eficiência dos artistas de circo, eles erram muito pouco, arriscam a vida e, normalmente ganham mal, mas aparentam estarem sem´pre muito felizes. O que falar dos trapezistas, em diversos casos, sem rede de segurança, os equilibristas, os mágicos, os artistas do globo da morte, com bicicletas, motocicletas e, em muitos casos, motos e pessoas a pé lá dentro. Os palhaços, esses encantam, por mais que você conheça a piada ou a brincadeira, sempre acha graça. Atiradores de facas com olhos vendados, lançadores de chapéus que sempre voltam para as mãos ou direto para a cabeça do artista. Vendo aquele espetáculo, a eficiência dos artistas, fiquei pensando, porque os jogadores de futebol que ganham milhões de vezes mais, treinam todos os dias, não têm a mesma eficiência? Sem contar que após assistir um espetáculo circense agente fica pensando, mas o futebol também não é um espetáculo? E o que vemos são jogadores matando de canela, errando chutes grosseiramente, não conseguem cobrar uma falta que vá, ao menos, na direção do gol. Os jogadores não conseguem acertar um gol de sete metros de largura por três de altura, enquanto nos circos você vê artistas executando exercícios de alto grau de dificuldade e periculosidade com uma eficiência espantosa, sem contar que com um ingresso para um jogo você quase compra quatro entradas para um bom circo (crianças e outros mais pagam meia entrada).
Mas quero mesmo é falar de circo e digo, vale a pena, uma vez o outra, ir a um bom espetáculo circense, leve crianças e verá como elas voltam encantadas, e isso é que vale na vida, muitas vezes nós escolhemos programações que nos estressam, angustiam, temos que escolher programações que nos dê emoção, alegria e que preencha sempre a fantasia da criança que existe dentro de cada um de nós e que, ao abandoná-la, corremos o risco de nos tornarmos pessoas ranzinzas, estressadas, envelhecidas e muitas vezes, chatas.
A beleza, o encantamento e magia do circo devem permanecer, e, cabe a cada um de nós incentivar, mostrarmos às novas gerações que nada substitui os relacionamentos, o contato e as maravilhas que o ser humano pode realizar, e isso tudo ao vivo é muito bom, pois o espetáculo não pode parar.

video

OS LIVROS MAIS VENDIDOS DE TODOS OS TEMPOS E OS MELHORES LIVROS DE TODOS OS TEMPOS

Você se propôs a ler um bom livro, mas são tantos títulos que está em dúvida! Não quer perder tempo lendo livro ruim! Quer uma dica? Bem, o bom censo e a cautela, nos orienta a não propor a leitura de um livro e garantir que será do seu agrado, afinal de contas, gosto é totalmente particular, assim optamos por listar os considerados “melhores livros de todos os tempos”, e outra lista com “os livros mais vendidos de todos os tempos”, se não é garantia de que irá gostar, ao menos sugere que muita gente gostou e indicou o livro, o que aumenta a possibilidade de ser agradável, pois escrever um best-seller é uma coisa. Escrever um livro que vende mais de 50 milhões de cópias é outra completamente diferente. Esses autores quebraram o recorde de vendas de livros ou estão entre os indicados pelos críticos como os melhores, isso não é pouco. Assim organizamos duas listas: uma composta dos livros escolhidos pelos críticos como Os Melhores Livros de Todos os Tempos e a outra com os mais vendidos. Os livros, como filmes, nem sempre os mais vistos ou mais lidos são os ganhadores de prêmios. Então, faça a sua escolha e boa leitura.

OS LIVROS MAIS VENDIDOS DE TODOS OS TEMPOS
Editores da Publications International Ltd - traduzido por HowStuffWorks Brasil

1. A Bíblia - 6 bilhões  2. O Livro Vermelho -  Mao Zedong - 900 milhões   3. O Alcorão - 800 milhões   4. Xinhua Zidian (dicionário chinês) - 400  milhões  5. O Livro de Mórmon -  Joseph Smith Jr. - 120 milhões   6. Harry Potter e a Pedra Filosofal - J. K. Rowling - 107 milhões    7. E Não Sobrou Nenhum  - Agatha Christie -100 milhões   8. O Senhor dos Anéis - J.R.R. Tolkien 100 milhões   9. Harry Potter e o Enigma do Príncipe  - J. K. Rowling 65 milhões   10. O Código Da Vinci - Dan Brown  65 milhões   11. Harry Potter e a Câmara Secreta - J. K. Rowling 60 milhões  12. O Apanhador no Campo de Centeio - J. D. Salinger 60 milhões   13. Harry Potter e o Cálice de Fogo - J. K. Rowling 55 mi   lhões  14. Harry Potter e a Ordem da Fênix - J. K. Rowling  55 milhões 15. Harry Potter e o Prisioneiro de Azkaban -  J. K. Rowling 55 milhões  16. Ben Hur: Uma Narrativa de Cristo - Lew Wallace 50 milhões  17. O Alquimista - Paulo Coelho  50 milhões  18. Meu filho, meu tesouro  - Dr. Benjamin Spock 50 milhões  19. O Pequeno Príncipe - Antoine de Saint-Exupéry 50 milhões   20. A Marca do Zorro - Johnston McCulley: 50 milhões

OS MELHORES LIVROS DE TODOS OS TEMPOS
Editores da Publications International Ltd - traduzido por HowStuffWorks Brasil

domingo, 22 de abril de 2012

PROBLEMAS EXISTEM PARA SEREM RESOLVIDOS

 Há pessoas que ficam remoendo problemas, tentando entender o porquê do ocorrido, apenas se culpando ou em lamentações constante, isso só deprime e não resolve, o pensamento tem que ser único: - O problema eu já tenho, nesse momento o que eu preciso é de solução! – A partir daí todo desgaste emocional e mental deve ser em busca de uma solução para o problema. Diria um pessimista ou resistente: - Não é tão fácil assim, afinal de contas, não somos máquinas, temos sentimentos e remoer um problema faz parte da característica humana, afinal de contas somos seres inteligentes, pensamos e pagamos o preço por isso! – Há verdade nisso, mas podemos treinar nosso cérebro a buscar solução, e não só ficar remoendo problemas. Pode se ter decisões diversas para um mesmo problema: 1) Ficar se culpando, remoer o problema, entrar em depressão, perturbar os outros com lamentações; 2) Animar-se com a possibilidade de uma solução e ir à luta.
Pessoas tristes, rancorosas, mal-humoradas, derrotistas, que só vê tragédia em tudo, ficam doentes com mais facilidade. Há pessoas que ficam presas ao passado e perde a chance de viver o momento: saudade dos antigos amigos, do emprego que não tem mais, da pessoa amada que não está mais ao lado ou que nunca esteve, cidade que ficou no passado, condição financeira que já foi bem melhor, enfim, caso queiramos, teremos inúmeros motivo para viver de lamentações, mas também podemos viver o agora e o passado deve ser selecionado por “boas lembranças”, ficar lembrando fatos ruins, remoendo passado triste e sofrer eternamente. Há pessoas que lamenta a idade: - No meu tempo era diferente! – Calma aí! No seu tempo? Você não está morto? Seu tempo é agora, é hoje. Pode se dizer: - Quando eu era jovem. – Mas nosso tempo é o tempo em que vivemos. O pessimista e derrotista, se religioso, está em desacordo com o que o mestre dos mestres pregou: - Eu vim para que todos tenham vida, vida em abundância. - Por isso, viva cada momento da sua vida como se fosse o último e verás que o momento seguinte será melhor que o atual. Ame as pessoas como se não houvesse amanhã. Evite só enxergar os defeitos dos outros, veja principalmente as virtudes. Não fique ao lado de alguém só para ser feliz, fique para fazê-la feliz, caso ela queira o mesmo o dois serão felizes. Não veja o aniversário apenas como envelhecer, mas como o nascer de um novo ano em sua vida, afinal contas a outra opção é morrer. Não espere "quando tiver dinheiro" para ser feliz, seja feliz com o que tem, aprenda a planejar melhor sua vida financeira. Quando estiver muito triste não se tranque dentro de casa ou de um quarto, vá caminhar na praça, sair com amigos, perceberá que a vida continua a mil lá fora. Como diz Gonzaguinha: Viver! E não ter a vergonha de ser feliz, cantar e cantar e cantar a beleza de ser um eterno aprendiz... Ah meu Deus! Eu sei, eu sei que a vida devia ser bem melhor e será, as isso não impede que eu repita é bonita, é bonita e é bonita...